Spread the love

‘Sonhos’. Este tema estava na cabeça de Pierpaolo Piccioli ao criar a coleção de alta-costura Primavera 2020 da Valentino.

De acordo com Pierpaolo, alta-costura é material dos sonhos, mas ele sentiu vontade de revelar o funcionamento da alta-costura. “Eu queria dar luz ao processo humano por trás do show, mostrando a construção de uma maneira muito sutil. Eu queria mostrar um pouco do processo, mas não muito”.

Antes de assistir ao desfile, eu esperava ver muito volume, como a Valentino tem apresentado desde a Primavera 2018 e que, inclusive, tem servido de inspiração para os outros estilistas.

Ocorre que, desta vez, as peças eram muito mais estruturadas, lineares, vestidos estilo sereia ou trompete e sereia, mas ainda com belas combinações de cores e de padrões.

A maioria dos vestidos eram usados com luvas de ópera, com ou sem laços, que muitas vezes se fundiam nos babados do look. Isso  conferiu aquele glamour antigo.

Além de ter buscado nos arquivos da Valentino o desfile de 1967, em Capri, que tinha um acessório de coral na cabeça, Piccioli olhou para Roberto Capucci para criar os detalhes de arquitetura nos tecidos como babados e arcos.

Além dos babados tridimensionais, haviam estampas geométricas e celestes, sendo estes com referência ao surrealismo.

Tivemos, ainda, belos exemplares de vermelho Valentino, que não poderiam faltar!

Confira a seleção de looks: