Na alta terça-feira, 29/10, ocorreu a quarta edição anual do WWD Honors, com coquetel e jantar, além das premiações. 

Giorgio Armani levou a honra de John B. Fairchild; Stella McCartney recebeu o prêmio de Cidadania Corporativa; Pierpaolo Piccioli, da Valentino, recebeu a honra de Designer de Roupas Femininas; e Kim Jones, da Dior, levou a honra de Designer de Roupas Masculinas. 

Sobre vestir mulheres para o tapete vermelho, Stella McCartney disse: “Quero que as mulheres se sintam muito bem consigo mesmas quando estão usando Stella. Isso nunca se desviou disso. Tento acomodar a confiança e permitir que elas digam quem são através do que estão vestindo. Como designer e como designer feminina, é importante que eu não vista as mulheres, mas que elas mesmas usem minhas roupas.”

“Eu apenas acho que ele tem o olho mais bonito. Ninguém faz alta-costura como ele”, disse Nicky Hilton Rothschild sobre Pierpaolo Piccioli. A socialite escolheu um vestido de noiva Valentino para seu casamento em 2015 e, ela contou que levou de cinco a seis provas para ser concluído. “A equipe da Valentino brincou que meu vestido tinha mais milhas aéreas do que qualquer outra pessoa”, disse. 

“A alfaiataria de Armani é impecável e sempre me faz sentir incrivelmente forte”, declarou Emmy Rossum, que teve um super momento de destaque na Armani quando escolheu um vestido vermelho para o Globo de Ouro de 2016. 

Ainda sobre Giorgio Armani, Emily Bode disse: “O nome Armani significa para mim o luxo contínuo no mercado de roupas masculinas e femininas. Eu acho que muitas vezes é difícil de sustentar, e a Armani continuou sustentando isso.” 

Confira alguns looks da noite: