Spread the love

Na última quinta-feira, 19/11, aconteceu o quarto dia de São Paulo Fashion Week (SPFW) N52 com catorze apresentações incríveis.

Confira a seguir todos os desfiles do quarto dia de SPFW N52:

Projeto Ponto Firme

No quarto dia de SPFW N52, o Projeto Ponto Firme, além de ter apresentado sua mais recente coleção, anunciou a criação da Escola Ponto Firme. No espaço no centro de São Paulo, o projeto atenderá e capacitará mais pessoas nas técnicas do crochê e tricô.

O Projeto oferece qualificação em crochê e costura para detentos.

Na coleção intitulada Um Bando, foi feita uma reflexão dessa palavra, com o significado de banimento.

Vieram peças inteiras de tricô e crochê, como blusas, vestidos e, inclusive, bonés, ou como se fossem estampas, deixando blusas lisas super especiais.

Gustavo Silvestre, estilista e idealizador do Projeto, convidou novos talentos para criar as peças, cujo valor da venda será revertido para eles.

Destaque, ainda, para peças feitas com patchwork de embalagens de produtos descartáveis.

Confira:

Fernanda Yamamoto

Fernanda Yamamoto se uniu à comunidade Yuba, criada na década de 1930 por imigrantes japoneses, e abriu a exposição Yama no centro Cultural Vergueiro, em São Paulo.

Para isso, a estilista teve como base kimonos antigos do acervo da comunidade japonesa, trazendo releituras dessas peças.

Membros e descendentes da comunidade desfilaram segurando elementos como cerâmicas e instrumentos musicais, que fizeram parte da história da comunidade.

Destaque para a paleta de cores e para as texturas com técnicas em origami e shibori.

Confira:

Santa Resistência

Estreando na passarela da SPFW, Santa Resistência se inspirou em religiões africanas para criar sua mais recente coleção.

Havia muitos babados, estampas, texturas. Tudo com muita sofisticação.

As cores eram vibrantes como laranja e amarelo.

Confira:

Naya Violeta

Naya Violeta fez sua estreia na SPFW com a coleção intitulada Encante.

As formas eram amplas e fluidas com estampas super coloridas, assinadas pelos Irmãos Credo, com muita representatividade da cultura afro-brasileira.

Além disso, tinham elementos country como chapéu de caubói e cintos.

Confira:

LED

A coleção De Volta Para Casa da LED foi um retorno a suas origens mineiras, uma relação com a abertura da primeira loja física chamada CASA LED, em Belo Horizonte.

As peças eram práticas e versáteis e foram feitas em linho, viscose, algodão, seda, sarja, além das técnicas em crochê.

Martins

A inspiração de Tom Martins para a coleção de Inverno 2022 foi o folclore brasileiro, lendas como Boitatá, Mula Sem Cabeça, Saci-Pererê e Iara.

Também serviram como inspirações o documentário Grey Gardens de 1975, ilustrações Kabuki da cultura japonesa e um livro do francês Yves Klein.

As peças eram de modelagem mais larga e super coloridas.

Confira:

Igor Dadona

Na coleção Loveur – House Couture, Igor Dadona relacionou seu amor ao trabalho e tendo que realizá-lo ainda em casa.

“Sempre falo nas coleções sobre o momento em que vivo, essa reflete todos esses últimos meses (quase 20) dentro de casa, devido a dificuldade que criei em conseguir sair. É uma coleção que poderia ser angustiante, mas ela aponta para algo bonito, no sentido da esperança de que tudo está melhorando e em breve conseguirei retomar minha vida”, declarou o estilista à Bazaar.

As peças são simples, mas sofisticadas.

Flores, broches, meia colorida ou transparente, gravatas marcando a cintura, mangas bufantes ou sobreposições com transparência… cada composição possui um detalhe diferente que a enriqueceu.

Destaque para os mix de estampas xadrez e floral e padrões diferentes de xadrez.

A cartela de cores é mais sóbria com azul e verde escuros, bege e off white, além de preto.

Confira:

Lino Villaventura quis retratar um colapso ambiental sem precedentes em sua coleção intitulada SCI-FI HANDMADE.

As criações eram super artísticas com volumes, aplicações e recortes. Cada roupa parecia uma obra de arte única.

Havia muita textura, transparência e assimetria com peças feitas a partir da técnica de upcycling.

Confira:

Fotos Zé Takahashi.

Gostou do post? Compartilhe-o!

Siga-me no instagram: @passarelando

Acompanhe minha página no Facebook: Passarelando

Acompanhe-me no Youtube

Site | + posts

Bacharela em Direito e apaixonada por moda. Criadora do Passarelando. Escrevo sobre moda, história e arte, além de tendências, dicas, looks de Tapete Vermelho, inspirações para looks do dia e o melhor das Semanas de Moda Nacionais e Internacionais.