Spread the love

Inclusividade e igualdade eram as palavras da vez na coleção de Outono 2020 da Valentino.

Pierpaolo Piccioli trouxe modelos trans e algumas mulheres mais curvas. “O que eu queria fazer era o retrato de um momento sem categorias. A moda tem que registrar e abraçar grandes mudanças no mundo. Temos que incentivar a tolerância e a igualdade”, declarou.

“Eu só queria fazer um retrato do nosso tempo”, disse Piccioli. “Tudo é mais fluido. É importante não colocar as pessoas em caixas. Se você é a favor dos direitos civis, é a favor de todos os direitos civis. Não quero defender um grupo a mais que o outro”, completou.

Assim, para o Outono 2020 da Valentino, o estilista trouxe uma série de roupas pretas, como um uniforme, com destaque para quem o usa e não para o roupa em si.

Havia poucos toques de vermelho, a cor da casa, além de estampa de leopardo e lantejoulas para homens e mulheres.

Piccioli deu toques modernos à fragilidade romântica da Valentino com um visual neominimalista. Ele juntou a elegância sexy do guarda-roupa feminino com a austeridade militar do vestuário masculino.

Belos casacos de botões, espartilho de couro, vestido sem alças sobre uma blusa de gola alta de lantejoulas como segunda pele. O volume veio em ternos para homens e mulheres usados com camisetas simples.

Para o final, uma série de vestidos de noite super suaves, inclusive um belo vestido coluna de lantejoulas vermelhas.

Confira a seleção de looks:

Gostou do post? Compartilhe-o!

Siga-me no instagram: @passarelando

Acompanhe minha página no Facebook: Passarelando