Spread the love

Para o Outono 2020 da Chloé, Natacha Ramsay-Levi quis criar uma coleção mais intimista.

“Para ser mais íntimo. Minha intimidade vem dessa bela comunidade de mulheres criativas”, declarou Ramsay-Levi.

A artista Rita Ackermann forneceu acesso a cinco peças adicionais dos anos 90 e 2000, a pedido da diretora criativa da Chloé, e a designer as usou como remendos na frente e nas costas de uma camisa de botão, como um desenho em um xale de manta e como impressão em tamanho real de uma camisa leve e em bolsas.

Além do trabalho de Ackerman, a passarela possuía esculturas feitas pela artista francesa Marion Verboom.

Assim, Natacha Ramsay Levi quis “invocar uma sinergia potente de espíritos performáticos.”

Os tons de terra predominaram na coleção de Outono 2020 da Chloé.

Havia alfaiataria, blusas macias e vestidos românticos e fluidos.

Blusas apertadas anos 70, malhas finas, usadas com calças largas e jaquetas com a manga dobrada. As blusas tinham botões delicados que pareciam joias.

Pequenos broches apareceram nas lapelas da jaquetas, cintos e pulôver.

Amei as fitas que passavam pelas golas e pela cintura e os acabamentos de crochê trouxe um charme a mais às peças.

Confira a seleção de looks:

 

Gostou do post? Compartilhe-o!

Siga-me no instagram: @passarelando

Acompanhe minha página no Facebook: Passarelando