Spread the love

“Love Brings Love”, a coleção de Primavera 2022 da AZ Factory encerrou de forma emocionante a Semana de Moda de Paris.

O mantra de Alber Elbaz, falecido aos 59 anos vítima da Covid-19, serviu de tema para a coleção de Primavera 2022 de sua marca AZ Factory. Para o desfile, 45 designers, além da equipe da marca, reuniram-se para homenageá-lo.

Dries van Noten, Olivier Rousteing da Balmain, Iris van Herpen, Pierpaolo Piccioli da Valentino, Maria Grazia Chiuri da Dior, Bruno Sialelli da Lanvin, Jean Paul Gaultier, dentre muitos outros contribuintes fizeram parte desse show.

“Queríamos encontrar uma maneira de celebrar o espírito de Alber. É lindo ver como cada designer revelou um aspecto diferente dele. Foi realmente um trabalho de amor”, disse Alex Koo, parceiro de longa data de Elbaz. Koo explicou que Elbaz queria recriar o Théâtre de la Mode, projeto de 1945 que reuniu sessenta grandes costureiros franceses de alta-costura para vestir uma série de bonecas, sugerindo a vida parisiense da moda.

“Fiz isso por respeito a Alber e a tudo que ele fazia pela moda. Ele acrescentou muito, principalmente a alegria, a felicidade, a diversão na moda. Todos nós amamos Alber pelo que ele era, o que ele fazia – tudo”, declarou Dries Van Noten.

Babeth Dijan coordenou a coleção e as roupas foram desfiladas em ordem alfabética, desde Alaïa até Y/Project. Por conta do tema, o amor, além de desenhos do falecido estilista e de seu jeito de se vestir, foram tema central de muitos designs com corações, gravatas borboleta e jaquetas mais arredondadas.

Como exemplo, Thebe Magugu da África do Sul foi inspirado por um vestido de Outono 1997 que Elbaz desenhou quando era diretor criativo da Guy Laroche, enquanto Ralph Lauren trouxe gravatas-borboleta escarlates tanto para a modelo quanto para o Polo Bear. Olivier Rousteing da Balmain representou Elbaz no corpete de seu vestido de noite.

Amei ter visto o casaco de Viktor & Rolf da coleção de alta-costura Outono 2020.

Nadège Vanhee-Cybulski da Hermès revisitou um lenço de 2014 com estampa desenhada por Dimitri Rybaltchenko que retratava Elbaz na janela do edifício da Lanvin, vizinho da Hermès, onde trabalhou por 15 anos.

Alguns designers optaram por marcas de Elbaz. Donatella Versace trouxe mangas drapeadas; Demna Gvasalia da Balenciaga e Daniel Roseberry da Schiaparelli focaram em criar volumes, enquanto Pierpaolo Piccioli da Valentino e Sarah Burton da Alexander McQueen evocaram babados.

O desfile foi finalizado com 25 looks da AZ Factory que trouxeram elementos de Elbaz.

A modelo Amber Valletta encerrou o show com um blazer cortado com bainha bordada com imagens de roupas inesquecíveis de Elbaz.

Confira a seleção de looks:

Fotos do site Vogue Runway.

 

Gostou do post? Compartilhe-o!

Siga-me no instagram: @passarelando

Acompanhe minha página no Facebook: Passarelando

Acompanhe-me no Youtube

Site | + posts

Bacharela em Direito e apaixonada por moda. Criadora do Passarelando. Escrevo sobre moda, história e arte, além de tendências, dicas, looks de Tapete Vermelho, inspirações para looks do dia e o melhor das Semanas de Moda Nacionais e Internacionais.