Os clássicos preto e branco dominaram o desfile surrealista da Dior, que aconteceu no Musée Rodin.

Roupas com estampas gráficas e ilusão de óptica, vestido e casaco com dominós, ‘gaiolas’ nas partes superiores dos vestidos e muito tule. Para compor o look, meia arrastão usada com sapatos dourados. As máscaras foram criadas por Stephen Jones.

Além disso, chama-nos a atenção a frase tatuada nas modelos: “L’amour est toujours devant nous. Aimez.” (“O amor está sempre diante de nós. Amem.”).

Confira:

 

Fonte: Vogue.