Spread the love

Para o segundo dia de desfiles da SPFW 25 anos, destaco: Projeto Ponto Firme, A. Niemeyer, Alexandre Herchcovitch Amir Slama.

Projeto Ponto Firme

O Projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, mostrou sua coleção “Uma Jangada em Noite de Eclipse” em um vídeo.

Como as aulas foram suspensas na Penitenciária por conta do coronavírus, a produção foi feita pelos egressos Anderson Figueiredo, Anderson Joaquim e Thiago Araújo. No vídeo, eles contam como o crochê impacta positivamente suas vidas.

Havia peças lindas feitas de crochê. As roupas tinham misturas de delicadas rendas e outros tecidos. Esses tecidos foram reaproveitados e misturados ao crochê e viraram camisetas, saias, vestidos e tops.

As peças serão comercializadas na NK Store.

Confira a seleção de looks:

A. Niemeyer

A. Niemeyer, comandada por Fernanda Niemeyer e Renata Alhadeff, apresentou a coleção confortável e atemporal “Origem”, com uma mistura de peças antigas e atuais.

Os tecidos usados foram algodão e tricô, um mix rico de texturas, enquanto as cores foram neutras, como tons terrosos e off-white.

Destaque para as pregas, que enriqueceram as peças.
Confira a seleção de looks:

Amir Slama

Para a sua coleção Resort 2021, Amir Slama escolheu o tema Sol, astro que representa positividade e otimismo.

A paleta de cores foi quente desde um amarelo claro até o vermelho, com um pouco de azul.

O estilista usou tecidos de sua própria marca, criando estampas tie-dye.

A grande aposta aqui foi a modelagem “asa delta”, hit da década de 80.

Confira a seleção de looks:

Documentário de Alexandre Herchcovitch

Para celebrar seus 50 anos, Alexandre Herchcovitch resolveu exibir um minidocumentário na SPFW 25 anos. O estilista trouxe seis peças que ele considera marcantes em sua carreira.

Vestido de noiva em tricô: o primeiro look escolhido pelo estilista tem 27 anos. Ele foi feito com o auxílio de sua mãe e foi inspirado na personagem Mortícia Addams.

Pelerine em Gobelin:  inspirado na Chapeuzinho Vermelho, essa peça tem uma estampa tropical e mostra a preocupação que o estilista tem com o forro de suas roupas.

Correntes: esse vestido feito há 21 anos foi a terceira peça escolhida por Alexandre Herchcovitch. Há correntes entre as faixas de tecido leve e o objetivo foi trazer algo diferente.

Boy George:  há 9 anos, Herchcovitch criou uma coleção inspirada em Boy George. O estilista contou que contou com a participação do chapeleiro Steve Johns, que fazia os acessórios usados pelo cantor.

Látex: há 7 anos, Alexandre criou uma coleção em homenagem à Marilyn Monroe e ao corpo feminino. Na foto, um look comporto por casaco de látex e vestido estampado.

Tecido Vintage: inspirado na década de 1950, Herchcovitch resolveu, há 10 anos, celebrar as cores e formas femininas. Ele utilizou e reformou tecidos desta época.

Gostou do post? Compartilhe-o!

Siga-me no instagram: @passarelando

Acompanhe minha página no Facebook: Passarelando

Acompanhe-me no Youtube