Wes Gordon, diretor criativo da Carolina Herrera, trouxe uma coleção “maximalismo minimalista”. 

De acordo com Gordon, essa “é a ideia de grandes gestos e silhuetas dramáticas, mas de uma forma não exagerada ou excessivamente projetada”. 

Trajes chiques para o dia, vários vestidos de coquetel e vestidos de festa, alguns com direito a muito tule!

Adorei as peças com estampa floral, que foram projetadas através de estudos das fotografias de Robert Mapplethorpe. 

A paleta de cores era super vibrante e tudo tinha muito volume, o que causou uma sensação de jovialidade. 

A alfaiataria, clássica da Carolina Herrera, foi impecável e as faixas em tons vivos deram os toques finais. 

Confira a seleção de looks:

 

Fontes: Vogue Runway, NowFashion e WWD.