Spread the love

A coleção Primavera 2020 de Marc Jacobs foi super eclética e alegre!

Nas notas do programa, há uma citação da Revista Paper Magazine, da coleção de Marc Jacobs Primavera 2002, que foi desfilada no dia 10 de setembro de 2001. 

“Na segunda-feira à noite antes do 11 de setembro, Marc Jacobs mostrou um desfile de moda cheio de estrelas no Pier 54, com as Torres Gêmeas brilhando a apenas algumas centenas de metros. Glamouroso, cheio de celebridades e incidentalmente pungente… vista no contexto como um instantâneo tragicamente deslumbrante da vida em Nova York antes que o mundo mudasse na manhã seguinte”, escreveu Christopher Barnard. 

Além do 11 de setembro, Jacobs estava pensando em pessoas que partiram Yves Saint Laurent, Karl Lagerfeld, Lee Radziwill, Doris Day e Anita Pallenberg. “Diante da perda, você os mantém vivos honrando-os, repetindo-os, creditando-os e deixando-os continuar a inspirá-lo”, declarou. 

Nesse desfile,  modelos desfilavam, dançavam de um jeito único que foi fundamental para trazer ainda mais magia à coleção.

Marc Jacobs queria que as pessoas se sentissem “num mundo de esperança e alegria e beleza e cor e diversidade e igualdade e individualidade. E “, acrescentou,” para desfrutar da alegria da moda “.

Havia um pouco de tudo: roupas de malha, ternos elegantes, trabalhos com apliques, bordados e detalhes amassados. Além disso, estampas florais dos anos 60, lantejoulas dos anos 70, calças de cetim, jaquetas de tweed bem no estilo Karl e roupas masculinas. 

Os acessórios eram incríveis como óculos de sol em formato de borboleta e cartola branca com babados. 

Confira a seleção de looks: