Spread the love

Para criar sua coleção de Primavera 2020, Dries Van Noten contou com a colaboração de Christian Lacroix

Dries Van Noten pesquisou pela moda dos anos 80 e 90 e sentiu-se atraído “pelo amor por vestir-se, pela alta-costura, pela beleza, pela audácia e pela alegria” das décadas. Assim, ele logo pensou em Christian Lacroix, um grande estilista da época. 

Dessa forma, o clean e moderno de Van Noten se encontrou com a fantasia de alta-costura de Lacroix. “O mundo de hoje e o clima político, econômico e ambiental podem ser excludentes e monótonos, de certa forma divisivos. Isso me deixou sedento por tudo o que seria maximalista, otimista, extravagante, inclusivo e encantadoramente extravagante. Há um lugar para opulência poderosa, exagero e diversão, e eu preciso dessa energia. ”

O desfile começou com uma jaqueta preta de gola alta (maravilhosa) com uma fita preta amarrada na cintura, que descia até às calças brancas. Essa fita preta é muito característica da mão de Lacroix. Já no segundo look, apareceram mangas bufantes e plumas. 

Seguiu-se com estampas como zebra, onça e flores, saias de flamenco esvoaçantes, mangas bufantes, bolinhas, caldas dramáticas e tafetá. Vestidos foram usados sobre calças, Van Noten utilizou a tendência dos anos 2000. 

Van Noten conseguiu deixar a coleção atual e casual, mesmo com os babados, bolinhas, bordados e referências do século XVIII. Toda a magia de Lacroix estava por cima de jeans brancos e blusas lisas, moletom usado com saia floral, blusas básicas com mangas bufantes. 

Eu particularmente amei os casacos ricamente bordados. Os bordados dourados pareciam roupas vintage autênticas, como verdadeiras joias. 

Confira a seleção de looks:

 

 

Site | + posts

Bacharela em Direito e apaixonada por moda. Criadora do Passarelando. Escrevo sobre moda, história e arte, além de tendências, dicas, looks de Tapete Vermelho, inspirações para looks do dia e o melhor das Semanas de Moda Nacionais e Internacionais.