Clare Waight Keller misturou o minimalismo de Nova York e a extravagância da alta-costura do início dos anos 90 para criar a coleção de Primavera 2020 da Givenchy

Clare Waight Keller se mudou para Nova York em 1993 para trabalhar na Calvin Klein. Assim, para a coleção Primavera 2020 da Givenchy, a estilista misturou o minimalismo novaiorquino de 1993 com a Paris da época, que se recuperava dos excessos da alta-costura dos anos 80. “Nova York tinha esse espírito muito cru: muita sarja de Nimes, muita facilidade, minimalismo e a ideia de ter muita personalidade. Sempre que eu viajava para Paris, era opulência, extravagância nas casas de flores e de alta-costura”, comentou Waight Keller

A coleção variou entre alfaiataria e peças fluidas e românticas com estampa floral. 

Os blazers eram alongados e combinados com bermudas. 

Os vestidos florais de seda tinham silhueta volumosa e algumas peças vieram em preto e branco. 

Chamaram-me a atenção os looks com jeans. Havia shorts curtos, calças rasgadas combinadas com blusas românticas ou camisas elegantes. De acordo com a Vogue, as notas do programa descreviam que foi usado tecido reciclado jeans vintage dos anos 90. 

Confira a seleção de looks: