O tema escolhido por Miuccia Prada para a coleção Primavera 2019 da Miu Miu foi a desconstrução da beleza de maneira moderna. 

“Eu entrei no local esta manhã e disse, ‘ah! Por acaso, desconstruí a elegância e exagerei, mas a tornei agradável para uma jovem!'” disse Prada.  

Houve a desconstrução e reciclagem de peças novas como vestidos de coquetel e laços amassados, rosas colocadas de maneira aleatória, saias fluidas e muito brilho, meias com sapatos, tecidos nobres com coisas desgastadas e rasgadas. 

Além dos micro-shorts ciclista, havia muito comprimento midi em saias jeans, vestidos e saias lápis, usados com blazers masculinos e transparência. 

Vestidos de estampa floral remodelados com abertura na cintura e jeans recortado e montado como saia plissada e retalhado em vestidos.  

Ao final do desfile, vestidos de lantejoulas inacabados com acessórios metalizados. 

“Eu sou sempre contra o clichê da beleza, porque é isso que arruina as mulheres. Estou com raiva por outro motivo: que todos falam sobre o futuro e a revolução, mas sinceramente, estamos indo para trás em vez de para frente. Em Milão, eu queria fazer um show que fosse realmente conservador, mas seriamente diferente. Esse teria sido o único show realmente revolucionário. Eu sou provavelmente um espírito modernista – sempre contra as regras – mas eu teria desejado a coragem de fazer algo egoísta e tão conservador como o mundo é agora. Estamos falando de vanguarda e assim por diante, mas veja como as pessoas se vestem: menos e menos”, declarou Prada

Confira a seleção de looks