“A ideia de juventude é importante, porque tenho uma cliente muito jovem. Elas dão uma nova atitude à alta-costura – ou pelo menos aos meus olhos”, declarou Giambattista Valli nos bastidores.

Com a intenção de criar looks mais joviais, haviam várias combinações de top e calça de cintura alta (o que não é muito comum na Maison), macacões,  vestidos curtos, bordados com várias penas.

O estilista se apaixonou pela silhueta curta na frente com a parte de trás longa. Essa silhueta veio em seda, Chantilly, tule (que ele ama), e peles falsas.

As lindas joias usadas no desfile são da Chopard, que deixaram os looks ainda mais glamourosos.

Confira nossa seleção de looks:

 

Fontes: Vogue Runway e WMagazine.

 

Gostou? Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as novidades!