Hoje foi o terceiro dia de São Paulo Fashion Week e rolaram vários desfiles!

De acordo com o estilista Reinaldo Lourenço, sua coleção foi feita para “deslizar pelo salão de baile de uma noite que teria Luchino Visconti, Sid Vinicous e Stanley Kubrick como anfitriões.” Trata-se de um dos mais famosos diretores do cinema italiano, do baixista do Sex Pistols e de um famoso cineasta norte-americano, respectivamente. Dessa mistura saíram mix de estampas e de tecidos. como casaco de couro e alfaiataria. Confira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O segundo desfile foi da Modem, que fez sua estreia na SPFW. A coleção, inspirada no movimento Memphis Group de design e arquitetura, é composta por looks com cara de básicos (só que não) com uma alfaiataria incrível e detalhes como franjas e ilhoses. Confira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

A estilista Fernanda Yamamoto se inspirou na comunidade agrícola Yuba, localizada em Mirandópolis, no interior de São Paulo. “Luxo é você se alimentar do que colheu, ter tempo para se dedicar a um instrumento musical”, disse a estilista, que afirmou que a base de todas as roupas dessa coleção partiram de triângulo, quadrilátero e círculo. Sete mulheres da comunidade desfilaram, além do casting de modelos, com looks monocromáticos, formados por plissados manuais e tingimento artesanal. Confira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

A MEMO, en parceria com a Isolda, apresentou sua coleção de Verão 2018 com um casting de dançarinas reais, que apresentavam as peças numa “batalha”. Os looks descolados incluíam peças como parkas e leggings e tops com estampa floral, com uma vive anos 80. Confira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Fonte: Vogue Brasil e FFW.

 

Gostou? Aqui no site você pode conferir o que rolou no primeiro e no segundo dias.