“Sempre amei o outono. Este é um tipo de verão indiano, com todas as folhas. É um clima lindo”, comentou Karl Lagerfeld.

O cenário da Chanel incluía vinte e uma árvores de carvalho e álamo elevando-se em direção ao céu, além da cúpula de vidro do Grand Palais. O chão estava coberto com espessa cama de folhas e musgo (as árvores vieram de uma empresa de corte licenciada e serão recicladas. Enquanto as folhas, foram armazenadas desde outubro).

A paleta de cores, profunda, em tons de verde e de laranja, não era comum para Lagerfeld.

Alguns vestidos com estilo dos anos 70. Por outro lado, casacos com epaulettes emplumados e uma capa, que evocou o glamour da década de 80.

Conjuntos acolchoados eram propostas da grife para o ar livre, um toque esportivo e elegante. Lurex dourado com casacos de pele, tweed com forro de couro. Ternos curtos, longos e com peplum. Pantacourts metálicas com jaquetas curtas ou camisas.

Tons metálicos queimados nas botas douradas e luvas prateadas e nas estampas de folhas.

Para a noite, vestidos pretos de renda, com vibrantes luvas de ópera.

Confira:

 

Fonte: Vogue Runway.