O desfile de Outono da Prada foi uma experiência noturna de ficção científica.

O cenário com piso preto e janelas do chão ao teto, fizeram com que Miuccia Prada pensasse em como as mulheres saíam à noite. ” Gostei da ideia da noite como um lugar de aventura”, disse. “Meu sonho é que as mulheres possam sair na rua e não ter medo”, completou.

Havia vestuários de trabalho e de tule; composições montadas por materiais feitos pelo homem, como o nylon Pocono.

Cores fluorescentes com tweeds, parkas quadradas e coletes de trabalhadores. Vestidos de coquetel sem alças com crachás de identificação e vários logos diferentes da grife.

A feminilidade estava nas flores, laços e lantejoulas em contraste com materiais industriais, tecnologia e elementos esportivos (uma tendência para esse ano).

Confira:

 

Fontes: Vogue Runway e WWD.