As flores dominaram o desfile Primavera/Verão da Chanel.

 

No início, roupas de tweed, clássicos da marca. Há muitos bordados, renda e volumes com tule. As botas, quase sem salto, com o mesmo tecido e estampa das roupas completam os looks. Além disso, alguns vestidos possuem lindos bordados de lantejoulas e leves plumas (principalmente no look noiva).

 

View this post on Instagram

Ainda que o desfile de alta-costura da @chanelofficial seja sempre uma narrativa de sonho por conta de sua temática detalhada a exaustão para puro deleite da plateia, o que não faltam são boas ideias para o dress code noturno, a maioria de fácil adesão, como os vestidos vaporosos de comprimento midi combinados a botinhas sem salto, de preferência da mesma padronagem do look – é isso mesmo, tudo indica que o salto alto não é mais imprescindível para ocasiões habillé. Além disso, @karllagerfeld inaugurou a fase dos "smiling pockets", ou bolsos-sorriso, que conferem acabamento e praticidade dos tailleurs de tweed aos longos ubertrabalhados, mas que não precisam dar o menor trabalho a quem os vestir (via @barbaramigliori e @brunoastuto) #voguenacouture #pariscoutureweek

A post shared by Vogue Brasil (@voguebrasil) on

 

Fonte: Vogue.